fluvilab nas vilas

 

 

Entre os dias 10 e 22 de abril desse ano, realizamos nas vilas Boa Esperança, São Joaquim, Apaiari, São Benedito e Nedi Barbosa, o projeto CURURUAR FLUVILAB. Foram cinco oficinas de fotografia que nos proporcionaram uma intensa vivência no rio Cururu.

Trocamos experiências, saberes, ignorâncias, e, sobretudo, trocamos afetos. Esses afetos culminaram em uma sólida relação, onde as práticas exercidas durante as oficinas, contribuíram para o profundo envolvimento entre o coletivo Cururu e a população local. Sabemos, somos diferentes e não somos. Não sabemos e aprendemos, da mesma forma que eles não sabem e aprendem. Dividimos a mesma atenção curiosa e amiga, com sorrisos e abraços.

Além do envolvimento afetivo, as reflexões surgidas, a partir do universo das imagens, nos proporcionaram um intensivo aprendizado sobre a cultura e modo de vida na Ilha de Marajó. Sonhamos, ainda, que eles tenham conseguido sentir por essas reflexões e afetos as possibilidades de transformação.

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s