Nazaré

 

Nazaré sempre viveu em Belém, porém, há mais de 40 anos, convive com a cultura e modo de vida marajoara em decorrência de seu casamento com um chaviense do rio Arapixi.

Fez questão de criar seus filhos em permanente contato com as pessoas e costumes do Cururu, consequentemente, viveu com intensidade os impactos causados pela diversidade entre a cultura local e seu dia-dia no centro urbano.