toy lab

TEm 2017, entre outras novidades, tivemos a oficina Toy Lab trazida por nossos amigos do MiranteLab. Na oficina, bonecos produzidos em impressora 3D, ganharam alma marajoara. Propusemos aos participantes ornamentarem bonecos, incorporando personalidade a partir de uma representatividade local. O que no princípio parecia óbvio, já que o previsto era surgirem vaqueiros, pescadores, caçadores, etc… No momento seguinte nos gerou surpresa e encantamento. A proposta havia aberto portas para um mar de possibilidades, pois, em um local onde, quase sempre, a mulher encontra espaço de trabalho apenas nas atividades domésticas, surgiram, entre outras, personagens como: “Maria Valentina” – uma mulher que possuía asas para apanhar açaí -, “Sophia e seu cavalo Dracman”, “Vaqueira da Noite” e “Shirley, a Pescadora”. Nesse sentido, a oficina Toy Lab se constituiu como um marco no CURURUAR, pois, com os personagens criados, pudemos construir novas possibilidades de existência para a mulher marajoara. Na terra do Vaqueiro e do Pescador, também existem Vaqueiras, Pescadoras, Apanhadoras de Açaí, Caçadoras e por aí vai.

MARIA VALENTINA
Maria Valentina
SOPHIA
Sophia
DRACMAN
Cavalo Dracman
VAQUEIRA DA NOITE
Vaqueira da Noite
SHIRLEY A PESCADORA
Shirley, a pescadora.

 

Outra questão trazida pela oficina foi o reaproveitamento de materiais descartados no meio ambiente, para a confecção e ornamentação de bonecos. Resto de tecido, isopor, pauzinho de pirulito, plástico de um modo geral. Valia tudo na hora de criar os personagens.

TALHANDO CAVALO

 

 

 

 

 

Participantes talhando folha de isopor, encontrada no rio, para fazer cavalos.

 

Outro momento mágico gerado pela Toy Lab, foi a troca exercida entre crianças, jovens, adultos e idosos. Enquanto os mais novos aprimoravam suas habilidades manuais, os mais velhos ofereciam conhecimento sobre tecer a rede de pesca e ensinamentos sobre corte e costura. Em uma mesma oficina tivemos uma criança de oito anos e um idoso de setenta e sete anos. Incrível!

 

Houveram também personagens típicos no universo imaginário marajoara, entre eles: “Vaqueiro do alagado”, “Caçador”, “Tio quito e João Grande” – dois homens em um só.

TIO QUITO
Tio Quito
JOAO GRANDE
João Grande

 

 

 

 

 

 

VAQUEIRO DO ALAGADO
Vaqueiro do Alagado
CACADOR
Caçador

 

 

 

 

 

 

 

Obrigada, Lara, Gui, Otto, Carlos e Alice, por todo amor destinado ao CURURUAR.